Crítica: Eclipse

quarta-feira, 30 de junho de 2010
Não é por menos que falaram tanto do diretor David Slade, de MeninaMá.com (2005) e 30 Dias de Noite (2007). Ele tornou A Saga Crepúsculo: Eclipse um tanto sombria e obscura, cheia de ação e mais aventura, além de ter uma moderada dose de sensualidade. Digo moderada, pois as cenas quentes entre Isabella Swan (Kristen Stwart) e Edward Cullen (Robert Pattinson) só ocorre em um dado momento do filme, na casa do vampiro. Só e não passa disso.
Slade coloca o público a flor da pele e faz do longa uma nova trama, que deixa a inocência e ingenuidade de lado, e passa a mostrar os riscos, os perigos, a sexualidade, enfim, deixa a saga menos criança e a transforma recuperando pontos perdidos em Lua Nova. O roteiro foi bem feito e a direção de Eclipse não peca no que diz respeito à fidelidade do terceiro Crepúsculo. David Slade elabora cenas mais dinâmicas e escuras para passar ao espectador toda a tensão do desenrolar da história, sendo o mais fiel possível ao livro.
Bella parece estar decidida em qual rumo tomar, mas Jacob Black (Taylor Lautner) que não desiste de rondar a moça - e que não nos permite escutar o que dizem os personagens, pois as meninas da sala do cinema gritam histéricamente ao saborear a visão de seus músculos e um corpo sarado - a coloca, literalmente, em xeque-mate.
A atuação de todos os atores da saga evoluiu. Kristen finalmente esboça mais expressão, mas muito pouco, e Taylor parece que conseguiu captar o "estilo" Jacob de ser. Enquanto a Robert cabe o papel romancista de tempos antigos, desta vez com mais cara de dor do que o próprio irmão adotivo, Jasper Hale (Jackson Rathbone) - alguém que comentarei mais a respeito no final.
Também não é para menos: o beijo mais caliente de toda a saga foi dele, o lobisomem Jacob com sua amada Bella. O primeiro foi um tanto medíocre, sem graça, sem sal. Porém, forçando-a a demonstrar que sente uma atração por ele, finalmente consegue arrancar da garganta da humana um pedido. E esse pedido foi "a grande pegada" de Eclipse. Entre passadas de mãos na barriga e na cintura, braços em volta do pescoço, dedos enroscando nos cabelos, carícias e sentimentos, Edward ainda encontra espaço para a compreensão - o que não esconde a sua cara de, perdoem a palavra, corno.
Os efeitos especiais estão ótimos, praticamente perfeitos, mais naturais e realistas dos que vinham sendo apresentados nos últimos filmes. Principalmente a cena da batalha do Clã Cullen e a alcatéia de lobos contra os recém-criados de Victória (Bryce Dallas Howard, que não fez má atuação, mas nada comparada a antiga intérprete da personagem, Rachelle Lefevre).
Bella constamente se diz decidida, mas é visível a consternação da dúvida em cada encontro com um familiar mortal e principalmente na presença de Jacob. Porém, esse fato que ela passa a descobrir no meio da história, não interfere na sua decisão de ser eterna ao lado do amado Edward. Ela o ama mais do que qualquer coisa e desta vez, diferente do que acontece em Lua Nova, o vampiro compreende que foram feitos um para um outro. O amor que é transmitido nas carícias de Bella e Edward são o suficientemente grandes e deixam explícito que a paixão entre ela e Jacob é apenas um sentimento físico, causado pela aproximação de uma amizade.
Mas me perdoem todos os atores, Kristen, Taylor, Robert e até mesmo a jovem atriz Dakota Fenning (que interpreta a poderosa vampira Jane Volturi) tiveram suas cenas roubadas nos poucos instantes que Jasper apareceu. O troféu vai para ele, Jackson Rathbone, pela melhor atuação durante o filme. Suas expressões, seus movimentos, seu jeito de andar e seu olhar fixo e ardente fizeram dele o rei da soberania que exigia o personagem nos momentos precisos da trama. Rathbone parecia mesmo "o dono do pedaço" e o fez com muita firmeza e segurança.
Espero então que David Slade continue sendo o diretor dos dois próximos longas - Amanhecer será dividido em duas partes - para dar continuidade ao bom trabalho.

Tigres siberianos estão ameaçados de extinção

Vi esta matéria no site Animais SOS - Não tem nome de quem escreveu, mas é algo lamentável.

Só restam 250 animais da espécie, agora vítima de misteriosa doença.

Pode não demorar muito para testemunharmos a extinção de uma das seis espécies de tigres do mundo, o Siberiano (Panthera tigris altaica) ou Tigre de Amur. As populações caíram vertiginosamente nos últimos anos para cerca de 250 animais e a espécie enfrenta um gargalo genético que a põe em risco de consangüinidade. Agora, uma doença misteriosa começou a se espalhar pela população, causando a morte de quatro tigres adultos e de vários recém-nascidos nos últimos dez meses.

"Podemos estar testemunhando uma epidemia na população dos tigres siberianos", Miquelle Dale, diretor do programa russo Wildlife Conservation Society (WCS), ao Guardian.

A doença, ainda não identificada, parece afetar a capacidade de caçar dos animais. Deixando-os em um estado enfraquecido e com fome, os quatro tigres infectados começaram a chegar a território humano em busca de comida fácil. Eles tiveram de ser mortos, pois eram ameaças potenciais para as pessoas.

A morte mais recente foi uma fêmea de 10 anos chamada Galya, que tinha sido perseguida e estudada muito tempo pela WCS. Enquanto saudável, Galya chegou a pesar 140 kg. Quando baleada, pesava apenas 90 kg. Galya recentemente abandonou seus filhotes de três semanas, os quais foram encontrados mortos sem nenhum alimento em suas barrigas.

A doença foi observada pela primeira vez em um tigre macho no ano passado.
"Estamos extremamente preocupados com a possibilidade de uma epidemia que poderia acabar com todos esses tigres”, disse Miquelle. "Os animais que temos estudado extensivamente, demonstraram uma mudança radical de comportamento, o que é extremamente preocupante."

Esses belos animais, que já enfrentam o grande perigo de caçadores, responsáveis por matar cerca de 30-50 tigres por ano, agora são atingidos por essa nova doença. "O aumento de óbitos provocados pela doença nessa população poderia chegar de um ponto de não retorno", disse Miquelle ao Guardian.

Fica a Dica: Ocioso

terça-feira, 29 de junho de 2010
Isso já é velho, mas tem muitos internautas que não conhecem o site Ocioso - O ócio e seus links interessantes. Todos os dias eles atualizam o blog com os melhores links da internet. Em outras palavras, reúnem o melhor de todos os sites para que você navegue a vontade, clicando em curiosidades, humor, ciência, tecnologia...enfim, diversos temas úteis e inúteis, simplesmente para a diversão do internauta. Somente no dia de hoje, o Ocioso reuniu mais de 100 links para você clicar e aproveitar.

O sucesso está sendo tão grande, que alguns links ganharam "cadernos" especiais, como por exemplo o Para mulheres, que nada mais é do que os links voltados para o lado feminino da vida. Não pense duas vezes, acesse: http://www.ocioso.com.br/

O Jornalismo Segmentado

Foto: Ana Paula Caggiano


Por Alessandra Sabbag e Ana Paula Caggiano

Não é novidade que os veículos de comunicação têm seus modelos segmentados e que atingem um público alvo específico. Este ramo segmentado está presente, por exemplo, numa revista ou num programa de TV em que a informação é passada já pensando nesse leitor ou no telespectador.
No impresso, as revistas como Capricho e a Atrevida são direcionadas à adolescentes, a Claudia e a Marie Claire são para o público adulto feminino, a Exame para empresários, Caras e a TiTiTi falam sobre o mundo dos famosos e tem também para grávidas, noivas, crianças...Enfim, cada grupo de pessoas se identifica com certos veículos específicos. Já nas programações de televisão, principalmente, transmitidos no período da manhã e da tarde como Mais Você, Manhã Maior, Mulheres etc, são assistidos por mulheres e donas de casa, porque abrangem todos os assuntos que são de interesse delas, como receitas, saúde, artesanato, moda e até celebridades (fofoca).
Segmentar a programação faz a emissora saber como chegar a um determinado público com idades e interesses variados, pois a empresa ciente de quem é o seu receptor, de quantos atingem e o que eles buscam, torna mais fácil agradar e atender a todos.
No jornalismo segmentado a agilidade da informação é a mesma de qualquer outro tipo de jornalismo, portanto, o diferencial está no conhecimento do repórter sobre determinado tema, que ele poderá se aprofundar bastante sem ter o receio que o leitor não esteja entendendo, uma vez que ele mesmo (o leitor) buscará o que mais lhe interessar do assunto.
Em uma época em que se fala do diploma, a segmentação dentro do jornalismo é a saída para muitos profissionais que, enquanto outros ocupam seus cargos, estudam e se especializam em uma área que jamais lhe será tirada. Hoje é fato que o jornalista, o mais especializado no assunto, terá sempre sua posição respeitada e levada em consideração, talvez mais do que o simples repórter de notícias factuais. É uma tendência que nasceu com os nossos dias atuais, corriqueiros e atarefados, e uma consequência que veio dos desenvolvimentos de tais áreas disponíveis no que diz respeito as técnicas e as inovações tecnológicas. Um jornalista tem que entender de tudo um pouco e do pouco tudo.

Divulgado primeiro trailer oficial de H. Potter

segunda-feira, 28 de junho de 2010
A Warner Bros divulgou hoje (ainda há pouco na verdade) o primeiro trailer oficial de Harry Potter e as Relíquias da Morte parte 1. O vídeo revela novas cenas da trama, assim como outras já conhecidas através de fotos e outros teaser trailers já lançados na internet.
A saga do bruxo mais famoso do mundo teve suas filmagens finalizadas há pouco tempo atrás e o trailer revela uma enorme tensão que prenderá a atenção do público e lavará fãs ao delírio total. A história da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts e os mistérios que rondam o passado de Harry virão à tona, trazendo muita ação, emoção e aventura à primeira parte do último livro escrito pela britânica J. K. Rowling.
Você pode conferir o trailer no site oficial do filme, com uma excelente qualidade. Vale a pena assistir. Lembrando que Harry Potter e as Relíquias da Morte parte 1 estréia em 19 de novembro deste ano e será exibido em 3D.

A evolução das Mídias Sociais

Conforme "bisbilhotamos" no youtube, podemos encontrar coisas inúteis e muita informação. Para aqueles que não acreditam no poder das Mídias Sociais, abaixo segue um vídeo bem interessante a respeito do assunto. Ainda tem gente que acredita que elas são ferramentas que não servem absolutamente para nada, apenas uma perda de tempo, mas que tal olhar de um modo diferente?
Assista ao vídeo e se espante com a revolução digital.


Retrospectiva: Faculdade - 1º ano

domingo, 27 de junho de 2010
Bem, visto que existem enormes acontecimentos que mereçam uma lembrança para refrescar a memória de muita gente, criei a sessão Retrospectiva. E é nessa sessão que vou procurar abordar temas pessoais, da sociedade, da cultura e da história. Neste primeiro será um tema mais pessoal misturado com sensações e acontecimentos que todos os adolescentes podem sentir, e que, terá continuação.
Estou no último ano da Faculdade de Jornalismo, então quero aqui deixar minhas impressões a respeito do assunto. É algo, como disse, pessoal, mas que todos (ou a maioria) sentiu ao pisar em uma Universidade. Começa então a história do primeiro dia de aula na faculdade.

A primeira turma da Universidade São Judas Tadeu - Butantã, iniciava suas aulas já com um pequeno erro de horário. Acabavam de abrir o novo Campus e não tinham mais do que 10 pessoas em "uma sala de espera improvisida" no pátio que ainda não tinha lanchonete, aguardando o momento de subir para as salas de aula. Entre essas pessoas estava eu, anciosa e feliz por estar ali. A faculdade que eu tanto queria estava lá. Foi quando um rapaz nos disse "Bem-vindos" e assim nos liberaram para adentrar os corredores novos e com cheiro de tinta fresca.
O primeiro professor que conhecemos foi o Rogério, de Língua Portuguesa (4 aulas direto toda a segunda-feira) que apenas ficou em um bate-papo com os poucos alunos. O pessoal da manhã nunca foi grande, pelo contrário. A sala de JO não tinha mais do que 14 pessoas, assim como a sala de Publicidade que nos fazia companhia durante a maior parte das aulas.
No intervalo nenhum aluno sabia para onde ir ou o que fazer, isso era visível no rosto de cada um. Mas passado um tempinho, alguns começaram a se agrupar, inclusive eu. Hevelyn (de PP) e Ana Paula (de JO) foram as primeiras com quem conversei e de fato, a Ana permaneceu como minha amiga no resto dos anos universitários.
A nossa sala dava para formar uma banda, devido ao grande número de conhecedores dos meios musicais. Tínhamos também, um senhor já de idade mais avançada. Era o experiente Paulo, que realizou muitos trabalhos conosco ao longo do tempo.
Aquele sim foi um ano realmente bom. A Universidade era vazia praticamente, não tínhamos problemas, erámos colegas e nso ajudávamos, íamos com a cabeça fresca para estudar e fazíamos as nossas loucuras. As apresentações dos nossos trabalhos e seminários nunca eram da forma convencional - eram loucos, engraçados, extravagantes, inovadores e o mais importante, com conteúdo. O pessoal da xerox já nos conhecia até mesmo pelo nome e o que dizer então dos atendentes do SAA - Setor de Atendimento ao Aluno. Não era nem preciso pegar senha para ser atendido, não havia ninguém de cara amarrada.
A primeira lanchonete foi a Casa do Pão de Queijo, mas poucos consumiam ali por causa do preço alto. Naquela época era muito bom poder andar nos corredores e pátios da faculdade sem trombar com ninguém pela frente ou encontrando alguém que impedisse a passagem. Saímos muitas vezes para comprar lanches ou guloseimas ali mesmo pela Vital Brasil.
Brincávamos com os professores que nos davam dor de cabeça para passar em suas provas, alguns deles nos traumatizaram no primeiro semestre. Foi o caso da professora Joana, que dava aulas de Estética e História da Arte, deixando a maioria da sala com no máximo um 5,5 (como eu - a menor nota que já tirei durante todo o curso) de nota. A turma gostava de refletir e discutir temas interessantes nas aulas de Filosofia, da Monica, e ouvir as críticas do Marcos que ensinou muito na Teoria da Comunicação.
E o nosso jornal mural? O primeiro trabalho efetivo que nos exigia escrever notícias para um veículo impresso. Escolhíamos o bairro e lá íamos nós atrás dos fatos. O primeiro foi o bairro da Lapa, que nos rendeu várias idas e vindas por todo aquele lugar...conhecemos cada rua, vimos fotos antigas, buscamos histórias, vasculhamos bibliotecas...E o segundo bairro, Aclimação não foi muito diferente. Todas aquelas ruas com nomes de pedras preciosas, o famoso parque que hoje não tem mais seu lago (uma pena) - e tiramos muitas fotos ali! Testemunhamos um ônibus elétrico, velhoooo, ainda passando por um bairro tão nobre. As imagens eram sempre tiradas de nossas câmeras e diversos pontos dos locais que visitávamos...até do meio da rua movimentada! Aquilo sim é que era paixão por jornalismo!
E o nosso júri? Eu era uma advogada que defendia as idéias de Karl Marx - veja só, justo eu. A Ana acusava e o Paulo foi o juiz. Definitivamente uma graça! (rsssssssssssssssssss). E o professor Wiska Sache? Tremenda era a fome e o sono nas aulas de História da Comunicação que brincávamos com a propaganda "bla bla bla Wiska Sache" adaptando para "bla bla bla Getulio Vargas, ditadura, Roquete Pinto..." - as poucas coisas que conseguíamos entender.
No último dia do primeiro semestre fomos comer lanche do Mc'Donalds (logo ali do lado) e no final do segundo semestre realizamos a Festa do Brega - fizemos uma vaquinha, compramos salgados, refrigerantes e estavámos vestidos à caráter como você poderá conferir no vídeo abaixo (além do mico que pagamos em plena Vital Brasil).
Definitivamente o melhor ano de todos... que não voltaria mais a se repetir nos anos seguintes...

Ter ou não ter namorado - C. Drummond de Andrade

sábado, 26 de junho de 2010
Quem não tem namorado é alguém que tirou férias remuneradas de si mesmo. Namorado é a mais difícil das conquistas. Difícil porque namorado de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, saliva, lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia. Paquera, gabira, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão é fácil. Mas namorado mesmo é muito difícil. Namorado não precisa ser o mais bonito, mas ser aquele a quem se quer proteger e quando se chega ao lado dele a gente treme, sua frio, e quase desmaia pedindo proteção.
A proteção dele não precisa ser parruda ou bandoleira:
basta um olhar de compreensão ou mesmo de aflição.
Quem não tem namorado não é quem não tem amor: é quem não sabe o gosto de namorar. Se você tem três pretendentes, dois paqueras, um envolvimento, dois amantes e um esposo; mesmo assim pode não ter nenhum namorado. Não tem namorado quem não sabe o gosto da chuva, cinema, sessão das duas, medo do pai, sanduíche da padaria ou drible no trabalho.
Não tem namorado quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar lagartixa e quem ama sem alegria.

Não tem namorado quem faz pactos de amor apenas com a infelicidade. Namorar é fazer pactos com a felicidade, ainda que rápida, escondida, fugidia ou impossível de curar.

Não tem namorado quem não sabe dar o valor de mãos dadas, de carinho escondido na hora que passa o filme, da flor catada no muro e entregue de repente, de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico Buarque, lida bem devagar, de gargalhada quando fala junto ou descobre a meia rasgada, de ânsia enorme de viajar junto para a Escócia, ou mesmo de metrô, bonde, nuvem, cavalo, tapete mágico ou foguete interplanetário.

Não tem namorado quem não gosta de dormir, fazer sesta abraçado, fazer compra junto. Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor nem de ficar horas e horas olhando o mistério do outro dentro dos olhos dele; abobalhados de alegria pela lucidez do amor.

Não tem namorado quem não redescobre a criança e a do amado e vai com ela a parques, fliperamas, beira d’água, show do Milton Nascimento, bosques enluarados, ruas de sonhos ou musical da Metro.

Não tem namorado quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não recorta artigos, quem não se chateia com o fato de seu bem ser paquerado. Não tem namorado quem ama sem gostar; quem gosta sem curtir; quem curte sem aprofundar. Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de repente no fim de semana, na madrugada ou meio-dia do dia de sol em plena praia cheia de rivais.

Não tem namorado quem ama sem se dedicar, quem namora sem brincar, quem vive cheio de obrigações; quem faz sexo sem esperar o outro ir junto com ele. Não tem namorado que confunde solidão com ficar sozinho e em paz. Não tem namorado quem não fala sozinho, não ri de si mesmo e quem tem medo de ser afetivo.

Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando 200Kg de grilos e de medos. Ponha a saia mais leve, aquela de chita, e passeie de mãos dadas com o ar. Enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperança. De alma escovada e coração estouvado, saia do quintal de si mesma e descubra o próprio jardim. Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem passe debaixo de sua janela. Ponha intenção de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada.
Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta e do céu descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a dizer frases sutis e palavras de galanteio.

Se você não tem namorado é porque não enlouqueceu aquele pouquinho necessário para fazer a vida parar e, de repente, parecer que faz sentido.

Carlos Drummond de Andrade e o amor

Conversando na internet com amigos, eis que encontramos em diversos sites, poesias e poemas de amor. E lá estava ele, Carlos Drummond de Andrade. Um dos mais bonitos que já vi, o autor escreve sobre o amor, e porque não dizer, os seus sintomas. No próximo post, segue mais um.

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer
seu coração parar de funcionar por alguns segundos,
preste atenção: pode ser a pessoa
mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento,
houver o mesmo brilho intenso entre eles,
fique alerta: pode ser a pessoa que você está
esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo
for apaixonante, e os olhos se encherem
d'água neste momento, perceba:
existe algo mágico entre vocês.

Se o 1º e o último pensamento do seu dia
for essa pessoa, se a vontade de ficar
juntos chegar a apertar o coração, agradeça:
Algo do céu te mandou
um presente divino : O AMOR.

Se um dia tiverem que pedir perdão um
ao outro por algum motivo e, em troca,
receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos
e os gestos valerem mais que mil palavras,
entregue-se: vocês foram feitos um pro outro.

Se por algum motivo você estiver triste,
se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa
sofrer o seu sofrimento, chorar as suas
lágrimas e enxugá-las com ternura, que
coisa maravilhosa: você poderá contar
com ela em qualquer momento de sua vida.

Se você conseguir, em pensamento, sentir
o cheiro da pessoa como
se ela estivesse ali do seu lado...

Se você achar a pessoa maravilhosamente linda,
mesmo ela estando de pijamas velhos,
chinelos de dedo e cabelos emaranhados...


Se você não consegue trabalhar direito o dia todo,
ansioso pelo encontro que está marcado para a noite...

Se você não consegue imaginar, de maneira
nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado...

Se você tiver a certeza que vai ver a outra
envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção
que vai continuar sendo louco por ela...

Se você preferir fechar os olhos, antes de ver
a outra partindo: é o amor que chegou na sua vida.

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes
na vida poucas amam ou encontram um amor verdadeiro.

Às vezes encontram e, por não prestarem atenção
nesses sinais, deixam o amor passar,
sem deixá-lo acontecer verdadeiramente.

É o livre-arbítrio. Por isso, preste atenção nos sinais.
Não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem
cego para a melhor coisa da vida: o AMOR !!!

São Paulo de um ponto de vista diferente

A cidade de São Paulo de um ponto de vista totalmente diferente daquilo que estamos acostumados a ver nos noticiários. Fernando Bianchi exibe neste vídeo a metrópole que pode e sempre foi bonita de se ver. Assista:

Os homens mais bonitos da Copa do Mundo 2010

sexta-feira, 25 de junho de 2010
A África do Sul, que está sediando a Copa do Mundo de 2010, está enchendo os olhos da mulherada com alguns poucos colírios, mas ainda assim, bons e reais. Veja a listinha:

Iker Casilhas - Espanha


Não conheço muito para falar dele. Mas algumas fotos já dizem que ele é, pelo menos, uma gracinha.

Kaka - Brasil


Ele é jeitoso, com carinha de garotinho ainda, mas é o melhor dentro da seleção brasileira! Claro, ainda incluiria o Nilmar nesta lista, mas ele não faz o gosto de todas as garotas. Nem o Kaka, mas ele ainda agrada mais a maioria.

Fabio Cannavaro - Italia


Típico italiano cheio de charme. Sim, os italianos são mesmo muito charmosos! Preciso dizer mais?? É só olhar a foto.

Carlos Bocanegra - EUA

Acho que é uma das primeiras vezes que vejo um americano na lista dos mais bonitos da Copa. Não que eles não sejam belos, mas geralmente não caem no gosto popular. Com Bocanegra em campo, a história foi diferente.

Cristiano Ronaldo - Portugal

Ele pode ser metido, arrogante e até insuportável. Mas esse jeito egoísta de Cristiano Ronaldo não o impede de estar na lista dos mais belos desde que começou a disputar partidas pela sua seleção. E cá entre nós, a justiça tem que ser feita.

Brasil x Portugal: uma pelada de sábado a tarde

Foi o que pareceu este jogo. Quem estava em campo não estava afim de jogar, pelo menos no segundo tempo. O problema das primeiras partidas e que Dunga ainda não percebeu permanece: a bola não chega aos atacantes. E as pessoas acham isso absolutamente normal.
Contra a Costa do Marfim foi exatamente a mesma coisa - Luis Fabiano e, nesta partida, Nilmar, solitários esperando um bom passe de um jogador de qualidade, armação, uma bela jogada. Coisa que nenhum dos nossos atuais convocados possuem. O mais próximo disso é Kaka, que não está 100% em sua forma física.
E o técnico Dunga se engana e mexe no time erradamente. Vejamos: primeiramente, Felipe Melo não joga nada, pelo contrário, é muito ruim (hoje estava nervoso e foi substituído corretamente). Por favor, tirem ele dali! O sistema defensivo e retranqueiro do técnico da seleção brasileira está funcionando na defesa graças a Juan, Lucio e Julio César, mas está efetivamente deixando o ataque isolado e um meio de campo sem criatividade. O pior de tudo é que ao invés de colocar Nilmar para jogar ao lado de Robinho e Luis Fabiano (e ainda com Kaka) - veja só que equipe mais rápida, ágil e ofensiva, cheia de ousadia - Dunga vai optar por deixá-lo no banco e Felipe Melo vai continuar titular.
Existem coisas no futebol que nem o técnico consegue explicar. Seja sincero internauta, você acredita que esta equipe que se apresentou hoje, com todos esses defeitos citados acima, ganha de los hermanos argentinos??? Acha que ganha de uma Alemanha, mesmo tendo sua classificação no sufoco? E que tal então de um ofensivo Chile nas oitavas (talvez)? Se o Brasil for campeão desta Copa do Mundo, bato palmas ao técnico Dunga, pois nunca vi uma seleção tão podre no que diz respeito a técnica, e somado ainda com uma retranca que não é digna de uma seleção brasileira.

Fica a Dica: Urologista já!

quinta-feira, 24 de junho de 2010
O Fica a Dica de hoje não é um produto, nem um site legal, nem nada disso. Ele é um conscientizador. Vamos debater aqui um assunto relativo aos homens e também às mulheres. Creio que muitos já sabem e estão cansados de ouvir, mas mesmo assim parece que a nossa sociedade masculina e feminina continua olhando apenas para a frente.

Homem não vai ao médico!
Principalmente se esse médico for o urologista. É, só de dizer o nome os "machões" saem correndo. Eis aqui o depoimento de um homem questionado sobre o assunto (achei na internet) :

Pelo mesmo motivo que vc´s vão mais aos salões de beleza!!! rs.
To brincando. Bom eu como homem mesmo depois de perder a virgindade não vi motivos para ir ao urologista, porque não vi nenhum tipo de anormalidade e porque não ia precisar tomar antconcepsional, não apareceu nenhum corrimento e muito menos estava com medo de está gravido.rs. as mulheres precisão de cuidados especiais por sua genitalha ser mais expostas aos varios tipos de bacterias e outros bichos.rs AHHHHHHH......... ainda tem a mestruação. que é outro agravante!
A genitalha masculina é um orgão externo. Diferente dos das mulheres.

Não consigo encontrar motivo mais besta do que este. Por acaso você precisa ver alguma anormalidade para ir ao médico? Muitos vão fazer exames de rotina, todo ano as pessoas costumam fazer isso. Mas parece que os homens são pateticamente diferentes. No depoimento acima, o rapaz fala como se o corpo do homem fosse normal e o da mulher fosse anormal.
Vamos analisar os casos já conhecidos e espalhados pelo mundo sobre doenças graves. O câncer é uma doença que chega silenciosa, sem dar vestígios...aliás, até uma simples gripe ou resfriado só se manifesta após uma semana quando você realmente a "pegou". Ou seja, doença não tem idade, não tem tempo e nem começa com anormalidades pelo corpo. Os sintomas aparecem apenas depois de uma certa época...
Mas os homens não entendem que os problemas que eles enfrentarão aos 40 e poucos anos, na verdade inicia-se muitooooo mais cedo do que imaginam. As mulheres, mais atenciosas ao seu corpo, vão aos médicos por simples exame rotineiro. Por isso vivemos mais tempo do que eles. Então, o Fica a Dica de hoje diz: "Larga da sua boiolagem toda e vá ao médico urologista". Eu quero um homem saudável do meu lado aos 40, 50, 60, 70, 80...



Na Madrugada...

quarta-feira, 23 de junho de 2010
Neste mundo tão louco e tão perdido, é a madrugada que me conforta com seu silêncio. Ela é quem me diz os caminhos que tenho que seguir. Ela me aponta as direções do futuro, das decisões e escolhas que pretendo fazer. A madrugada criou em mim um novo ser, uma nova alma. No seu esplendor obscuro aprendi a amar as pequenas coisas que brilham e valem mais do qualquer diamante.

Com o seu silêncio compreendi a dor dos que estão lá fora, compreendi que as pessoas não sabem apreciar o dom da fala e compreendi que a noite vale muito mais do que o dia. Pois na noite estão reservados os sentimentos mais profundos de nós mesmos, os nossos pensamentos e sensações...as emoções que vivemos no dia a dia.

A madrugada mostra o que de melhor há em mim. Ela é como uma água gelada no meu deserto de calor incessante. É como um par de asas que utilizo em minhas costas para voar. A noite longa e duradoura não me assusta...ela me alivia das angústias...ela é a testemunha do meu sofrimento...ela é o ombro que me consola...é a mão que enxuga as minhas lágrimas.

A madrugada invade meus pensamentos e me faz enxergar a verdadeira pessoa que aqui está. Ela me traz respostas à mente, me permite viajar sem ter que tirar os pés do lugar. Dentro do seu silêncio é possível ouvir o mar enquanto o canto dos pássaros ecoam em minha cabeça.

Madrugada fria que me acolhe em cobertas grossas, que aquece meus sentimentos de amor e me faz ser o fogo da mais pura paixão. Madrugada com jeito de criança inocente, me cativa, me acorda e me educa para a própria vida.

Ah! Noite bonita e maravilhosa...noite que enfeita os cadernos de poema, poesia e prosa...noite que revela os carinhos de uma doce mulher charmosa...

As taças dos vinhos

Esta matéria seria publicada em um lugar que não dava o mínimo valor aos seus funcionários. Inicialmente contando mentiras atrás de mentiras, ela foi na verdade um "teste". Como não foi veiculada e nem acredito que será, vem aqui para o blog para que os leigos em vinhos e taças pudessem se saborear de prazer em uma leitura agradável e curiosa.


Por Alessandra Sabbag

Para saborear prazerosamente um vinho, não basta que ele tenha boa qualidade, seja velho ou jovem, de tal marca ou linha. As taças são extremamente importantes nas degustações. São elas que revelam ou escondem de um enólogo, as qualidades e defeitos do vinho.
Existem milhares de formas de taças já fabricadas pelo mundo. Mas os consumidores compram ou adquirem uma ou outra - até mesmo várias - sem ficar atento aos detalhes. A maioria das taças deve ter haste alta, bojo largo e abertura mais estreita, para que não se transmita calor e os aromas dos vinhos se concentrem e exalem mais. As taças são feitas para proporcionar o melhor do vinho, por isso cada tipo tem a sua taça.
Para tomar vinho branco, por exemplo, o bojo não pode ser muito grande e o copo é menor, pois é um vinho que exala facilmente seus aromas. É o inverso dos tintos que necessitam de oxigenação e precisam de um bojo maior para facilitar a percepção de aromas.
No Brasil desde 2006, a Arc Internacional da França, lançou sua linha de taças Open Up na Expovinis 2010. “O vinho pode soltar seus aromas e sabores. Em nosso site mostramos como fica o aroma dentro das taças” diz Diogo, gerente comercial da empresa. A linha Open Up foi a taça oficial do Campeonato de Melhor Sommelier do Mundo, no Chile.
As taças e copos devem ser finos, de cristais ou vidro para que a bebida tenha maior contato com a boca. Os copos de cristal contêm 24% de chumbo, os cristalinos ou cristal de vidro com apenas 10% do metal e os de vidro são isentos.
Existem cerca de 150 linhas de tacas pelo mundo com 60 formatos diferentes. “Não há necessidade de tantos formatos. Dez ou 12 estaria bom. Na verdade, isso é questão de marketing e do gosto pessoal pelo design” afirma o diretor da Qualis, Renato Arantes.
A empresa é importadora e distribuidora da Schott Zwiesel, no Espírito Santo. Eles tiveram um crescimento de 40% nos últimos dois anos, tendo São Paulo com maior mercado. As taças são de cristais de titânio, mais difíceis de quebrar. Na Expovinis havia uma demonstração onde se jogava uma pequena bola na taça para testar sua resistência.
A representante de vendas da Qualis diz que os restaurantes, lojas e bares são muito exigentes quanto a qualidade das taças. Arantes conta também que o mercado brasileiro nesse ramo está cada vez mais importante. “Basta que você seja um bom conhecer de vinhos que saberá a taça certa para usar” conclui.
Vinhos espumantes são prazerosos e saborosos em taças compridas e sem bojo, isso facilita a visão das borbulhas e o gás carbônico libera os aromas.
Como podem notar, um vinho necessita de uma boa taça que combine com o seu sabor, a sua característica e as uvas que variam com o passar dos anos. A partir do conhecimento e dos ambientes adequados, é só escolher a taça e brindar.

Minha história de amor no Cennarium

terça-feira, 22 de junho de 2010
Pessoal, escrevi minha história de amor para participar de uma promoção no blog da Cennarium de dia dos namorados...eles publicaram mas não ganhei. Escrevi tão bem e resumidamente nos limites dos caracteres que eles estipularam, e nossa história é muito mais bonita do que a do casal que ganhou o prêmio. Poxa vida, injustiça!

Segue o link pra quem quiser ler:

http://blog.cennarium.com/meu-namoro-e-uma-peca-de-teatro/meu-namoro-e-uma-peca-de-teatro-por-alessandra-sabbag-2/

Vídeo: Saudades da infância???

Para você, que assim como eu tem saudades da sua infância - a VERDADEIRA infância que as crianças de hoje não tem mais - segue abaixo um vídeo muito bem feito que mostra diversas coisas presentes na vida e no passado de muitos, hoje, adultos. Você verá jogos, videogames, bonequinhos, brinquedos, aparelhos, músicas, filmes e personagens marcantes, séries de tv, produtos no geral e principalmente desenhos animados, que marcaram a nossa infância (da minha geração). Ahhhh que saudadeeeee!!!!


Uma “critica” nas entrelinhas

segunda-feira, 21 de junho de 2010
O filme “Entre os muros da escola”, dirigido pelo Laurent Cantet e roteiro baseado no livro do escritor François Bégaudeau, conquistou muitos prêmios ao longo do ano passado. O longa metragem discute situações vividas diariamente no ensino educacional de qualquer país.
Os temas abordados fazem com que a ficção apresentada se torne um documentário da realidade sócio econômica, política e cultural da França. Pode-se dizer que apesar do enredo se passar em uma escola do subúrbio de Paris, não há quem não tenha se deparado com dilemas como os retratados no filme em qualquer parte do mundo.
O que acontece entre os muros da escola é uma perfeita realidade vivida na sociedade francesa por conta de territórios conquistados durante o período do colonialismo.
Cada aluno tem um estilo de vida diferente, seja social, econômica ou culturalmente, cada um com suas dificuldades, orgulho (ou não), descendente de países árabes e africanos, todos reunidos em uma pequena sala de aula tentando decifrar a identidade individual e coletiva. O que causa uma guerra, literalmente.
Tudo isso fica apenas nas entrelinhas, sendo ressaltado em discussões simples como o futebol, quando ocorre um bate-boca entre quatro alunos. Thierry Henry, Zidane e Thuram, jogadores da seleção francesa vieram de diferentes colônias e partes da França. Não é uma questão meramente esportiva, é também política e de integração social.
Em outro momento do filme essa situação fica bem clara, até mesmo pelo professor, quando este usa, em seus exemplos, somente nomes anglo-europeus.
Outra questão discutida é a relação professor-aluno. Em diversas partes, François, o “mestre” que dá aula de francês tenta quebrar essas diferenças étnicas, religiosas e culturais, conversando com cada um dos adolescentes e tentando se aproximar um pouco mais deles. No entanto, essa idéia de amizade e união é retalhada nos momentos em que a barreira principal aparece: a autoridade. Antes de qualquer coisa o que impera é a hierarquia, o poder constituído dentro da escola.
Essas diferenças são também mostradas na linguagem. François, em um diálogo com as personagens Esmeralda e Louisse, as chama de “pétasse” (vagabunda), sendo na visão dele uma palavra não tão agressiva quanto foi para elas. Cantet mostra um professor imperfeito e um método de ensino ferido por perguntas e respostas, nem sempre objetivas. Quando uma das alunas pergunta a François porque usar o presente do subjuntivo (que ninguém costuma usar) se existe o presente do indicativo, o professor limita-se a responder que é apenas para diferenciar um do outro e que um dia ela saberia usá-lo. Todos são peças de um jogo: o sistema educacional.
Todas essas questões retratadas em único filme e justamente no país da Liberdade-Igualdade-Fraternidade. Porém, não é só a França que passa por esses dilemas multiétnicos e políticos. O mundo todo, seja por motivos históricos (como o colonialismo) e principalmente de imigração, tem realidades parecidas. A turma que não se interessa pelo assunto, as panelas, as discussões que não levam a nenhum lugar, o desrespeito com o professor, as conversinhas, os barulhentos, os que não tiram o boné, os tagarelas, os insultos e empurrões... Qual escola nunca teve isso? Apesar dos europeus se dizerem tão diferentes das Américas, estes são problemas compartilhados por todos. São temas universais que estão dentro dos muros das escolas, mas que refletem a sociedade que somos e os países nos quais vivemos.

E o nome do jogo é o Juiz Frances

domingo, 20 de junho de 2010
Brsil 3 x 1 Costa do Marfim. Bom jogo? Talvez.
Vamos ser sinceros e claros torcedores brasileiros. Se o Brasil jogar como jogou no primeiro tempo contra Argentina e Alemanha (que perdeu a segunda partidia, e dai?) vai tomar um chocolate, literalmente. Mas no segundo tempo a história muda completamente.
Kaká jogou melhor do que a primeira partida. Robinho não jogou muito mais do que ele. Luís Fabiano finalmente pegou na bola e fez um golaço. Críticas não faltam, obviamente. Não torço para o Dunga, que ao meu ver tem cometido erros atrás de erros, não só pela escalação, mas pelo modo como tem tratado os torcedores e como tem sido cínico com a imprensa brasileira. Não me recordo de tê-lo visto tão mal educado e frio como tem sido ultimamente. Mas venhamos e covenhamos, não queremos ver o Brasil como a Itália e a França - voltando mais cedo pra casa.
Se tem uma filosofia que se deve seguir (porque é real) é a do "bem-estar com todos em casa". Técnico que age como o senhor Dunga está agindo NÃO GANHA COPA DO MUNDO! Isso é algo que o futebol cansou de nos mostrar ao longo de todos esses anos. Portanto, se ele realmente ganhar e ser campeão, será até um pecado, pois eis que nosso técnico maravilhoso se sentirá orgulhoso e vai empinar o nariz - como já vem fazendo.
Mas o Brasil ainda precisa acertar a sua forma de jogar, pois não adianta ter um bom ataque se o Luis Fabiano ficar o tempo todo sozinho e o Robinho tendo que vir buscar a bola no meio de campo. Essa ligação tem que funcionar, porque ficar na retranca armada por Dunga não irá funcionar quando a nossa seleção enfrentar uma outra bem mais forte.
O nome do jogo para mim não foi Luis Fabiano (que finalmente obteve melhores jogadas nos seus pés, mas ainda não da forma ideal), mas sim Lucio e Juan, dois jagueiros espetaculares! E Júlio César no pouco que trabalhou, fez muito! Mas temos também um nome negativo do jogo: o juiz Stephane Lannoy! Sim meus caros internautas, o sempre odiado juiz dessa vez teve merecidamente o título de pior em campo. Um verdadeiro absurdo que a FIFA nem irá se pronunciar. Pelos menos espero que este juiz nunca mais seja chamado para apitar novamente uma Copa do Mundo (Deus me ouça!).

Parque da Previdência: passeio com a natureza

sábado, 19 de junho de 2010

Os visitantes podem fazer diversas atividades realizadas durante o dia além da famosa Trilha Monitorada pela Mata Atlântica





Por Alessandra Sabbag (foto e texto)

O Parque da Previdência, localizado próximo ao Km 11 da Rodovia Raposo Tavares no Butantã, é uma das opções que os moradores dessa região têm para se divertir com toda a família. Fundado em Setembro de 1979, com cerca de 91.000 m², o parque é um dos poucos pontos de mata Atlântica que restam na cidade de São Paulo.
Ariela Bankcetti, bióloga, é diretora do parque há cinco anos e conta que ali são encontradas diversas espécies de animais que raras vezes vemos em outros locais. “Todos os parques tem uma ligação entre si. As mesmas aves que voam aqui, como a Araponga por exemplo, migram para o Luis Carlos Prestes e a Fazenda Tizio" afirma. É justamente pela diversidade de conhecimentos e oportunidades únicas de se ver aves tão raras que a Trilha Monitorada é uma das atividades mais procuradas pelo público. Para participar desta caminhada basta agendar com a diretoria ou com o Núcleo de Gestão Ambiental, que fica dentro do parque e que juntos possuem uma parceria para ministrarem cursos e oficinas.
A diretora também diz que os brinquedos são constantemente reformados e recebem uma vistoria para avaliação a cada 15 dias. A moradora do bairro, Débora Pinheiro, esteticista, traz as duas filhas de 16 e 4 anos de idade para se divertirem pelo menos uma vez por mês. “Não tenho do que reclamar, aqui é gostoso. Um lugar onde elas podem brincar e ao mesmo tempo ter mais contato com a natureza" conta tranquilamente a visitante.
O Parque da Previdência tem coleta de lixo seletiva para reciclagem, além de um curso de Arborização Urbana para ensinar as pessoas as plantas adequadas para se cultivar na residência ou nas ruas próximas do bairro. “Nós doamos sementes de árvores de forma orientada nas escolas. A pessoa pode chegar até aqui e dizer ao parque que deseja plantar algo na sua terra ou calçada. Nós ajudamos, analisamos e indicamos a melhor espécie para aquele local" conta Ariela.
Além da diversão e da responsabilidade o parque oferece cursos gratuitos de educação ambiental e oficinas, nestes dois aspectos, em parcerias com o CECCO - Centro de Convivência e Cooperativa - e o Núcleo de Gestão Ambiental. Para cada dia da semana eles oferecem uma atividade diferente, tanto para crianças quanto para idosos e pessoas portadoras de algum tipo de deficiência. Por exemplo, nas segundas-feiras, as pessoas podem participar do Tai Chi (também às terças e quartas), grupos de arte e meditação, ou de rodas de música na terça. Na quarta tem o curso de bijuterias, futebol e passeios culturais; na quinta, a dança circular e pintura em tecido; às sextas, bordados, jogos e brincadeiras (também às quartas) e yoga e ginástica todos os dias de de manhã. Até mesmo sessões de cinema (às sextas) e terapias (às terças) são realizadas ali junto também com o curso de cultivo de orquídeas. Mas apesar de tudo, o Parque da Previdência possui pouco movimento, em finais de semana chega a ter em média 600 visitantes e nos dias comuns, 200 ou 300.

Serviços:

Parque da Previdência
Rua Pedro Peccinini, 88
Horário de funcionamento: todos os dias das 7h às 18h
Tel: 3721-8951

Para obter mais informações dos cursos do CECCO:
Tel: 3721-5521

Dançando com um cão

sexta-feira, 18 de junho de 2010
Um Golden Retriever participou de um concurso com animais. Olha que coisa mais linda ele dançando!!!


Trailer Harry Potter e as Relíquias da Morte

quarta-feira, 16 de junho de 2010
Confira abaixo, dois trailers de Harry Potter e as Relíquias da Morte (parte 1) divulgadas há uma semana, sendo que o segundo é um resumo de todos os filmes do bruxo.




Finalizadas gravações do último Harry Potter

terça-feira, 15 de junho de 2010
No sábado (12/06) foram finalizadas as gravações do último filme do bruxo mais famoso do mundo, Harry Potter e as Relíquias da Morte. Enfim, a história do mundo mágico de Hogwarts tem o seu final, desejado e indesejado pelos fãs ao mesmo tempo e a trajetória de Harry, Rony e Hermione acabou, definitivamente. Assim foi definido, através do twitter, pelo ator Warwick Davis, que tem dois papéis no longa, o professor Flitwick e o duende Grampo, o final da saga:

"O fim de uma era - hoje é oficialmente o último dia de filmagens principais de ‘Harry Potter’ - de todos os tempos! Eu me sinto honrado de estar aqui quando o diretor grita "corta" pela última vez. Adeus Harry & Hogwarts, foi mágico!... E adeus Grampo!"

Omelete


O primeiro livro lançado em 1997 virou filme e conquistou milhares de fãs que acompanharam a vida de Harry e que juntamente com ele, cresceram e hoje são adultos. Existem fãs hoje com 25 anos! A saga do bruxo mais famoso do mundo teve 7 volumes e 8 filmes (contando que o último se divide em parte 1 e parte 2) e somente os livros bateram recordes de venda com 490 milhões de exemplares vendidos. O que tornou a escritora J.K. Rowling a escritora mais rica da literatura mundial! Terminou então, os longas que deram a Daniel Radcliffe, o menininho de 11 anos que estava assistindo a uma peça de teatro quando foi visto pelo produtor do filme, o papel mais importante de sua carreira (lembrando que hoje o ator tem 21 anos).
Com novos planos pela frente, a turma da bruxaria deixará saudades. E que série magnífica foi Harry Potter, a mais marcante do século. Harry Potter e as Relíquias da Morte (parte 1) estréia em 19 de novembro de 2010 e Harry Potter e as Relíquias da Morte (parte 2) somente em 15 de julho de 2011.

Fica a Dica: Thaty Princess


Não, isto não é uma propaganda. O Fica a Dica de hoje apresenta um perfume muito bom, refrescante e inovador : o Thaty Princess, da Boticário. Eu, que tive o enorme prazer de ganhá-lo de presente no dia dos namorados, posso dizer que o cheiro desse perfume é muito peculiar e só ele tem. Quando o recebi em mãos, falei: "Parece flores com abacaxi", mas me enganei e o adorei. Ele é uma mistura de várias coisas: floral frutal, Grapefruit, Limão Siciliano, Framboesa e Menta; Jasmim, Orquidea e Íris.
Com as cores branco e roxo, ele transmite bem o que é ser princesa. O corpo é fino (como podem ver) e a tampa é uma coroa, bem sugestivo não? Na aparência e modelo ele é bem mais bonito do que o Thaty Kiss, mas dizem que o perfume deste é melhor. Não sei porque nunca tive o Kiss, por isso vejam vcs mesmos.

Os casais mais marcantes do cinema

segunda-feira, 14 de junho de 2010
Aproveitando que sábado passado foi o Dia dos Namorados, separei aqui quatro casais que para mim foram marcantes com suas histórias de amor e que encantaram os olhos de todos nas telas do cinema. Todos eles provam que o amor transpõe barreiras de todos os tipos por ser simplesmente o amor. Confira abaixo:

Richard Gere e Julia Roberts - Uma linda mulher (1990)



Um dos filmes mais românticos do cinema, Uma Linda Mulher conta a história de uma prostituta que se recusa a beijar seus clientes na boca. Mas o amor prega peças e ela se apaixona por um milionário. O longa deu a Richard Gere e Julia Roberts a consagração no cinema mundial.

Adam Sandler e Drew Barrymore - Como se fosse a primeira vez (2004)


Adam Sandler teve mesmo que batalhar e provar o seu amor por Drew Barrymore no filme Como se fosse a primeira vez. A mocinha que sofreu um acidente de carro e ficou com problemas no cérebro conquistou pra valer o coração do rapaz, que largou sua vida para ficar ao lado dela. Lembrando que a personagem da atriz sofria de uma doença de esquecimento, uma amnésia, todos os dias e vivia sempre a mesma data terrível do acidente. Em outras palavras, uma grande prova de amor e de como se deve amar para encantar a pessoa todos os dias com maior paciência do mundo. Belo!


Patrick Swayze e Demi Moore - Ghost - Do outro lado da vida (1990)


História simplesmente apaixonante! O falecido Patrick Swayze deixou em sua carreira um filme que fala do amor do outro lado da vida. O personagem que morre e volta para avisar a mulher do perigo demonstra que mesmo depois de mortos o amor continua o mesmo. Uma verdadeira prova que amar não tem limites e ultrapassa incríveis berreiras. O corpo se foi e o amor para sempre permanece.

Leonardo DiCaprio e Kate Winslet - Titanic (1997)



Eis aqui o casal mais famoso do cinema. Baseado em um fato real e unido a uma ficção, Jack e Rose foram personagens imortalizados na memória do público. Impossível esquecer do amor que naufragou com o maior e mais luxuoso navio, que comoveu pessoas no mundo inteiro e deu a James Cameron lindas 11 estatuetas do Oscar. O amor que nasceu abordo de Titanic jamais será esquecido porque a história do filme encanta não pela tragédia em si, mas pelo terrível acontecimento de 1912 que não separou o casal. Diferente de Ghost, o personagem não volta do outro mundo para rever a amada, mas permanece vivo em sua lembranças e em seu coração até o dia de sua morte.



Fotos para homenagear o Dia dos Namorados

sábado, 12 de junho de 2010
Para esta data tão especial, separei fotos que resumem o sentimento de amar um outro ser humano. Amar não é brincadeira, e se vc ama verdadeiramente, vai se sentir apaixonado ao ver as imagens abaixo e vai lembrar de seu grande companheiro (a). O dia de hoje é especial para os casais, talvez, seja o dia mais emocionante para ambos: presentes, carinhos, beijos, abraços, amassos, amor! Com certeza o dia mais romantico do ano para os casais! E para aqueles que ainda não tiveram este privilégio hoje, nada demais, o amor chega na hora que tiver que chegar. Aqui aproveito para dizer aos solteiros que amar é muito mais do que curtir ou ficar, esperar o principe (ou princesa) aparecer, e aos mais velhos que acham isso uma "sem-vergonhisse", perderam completamente o desejo do amor. Porque amar meus caros, ultrapassa os limites do desejo e a vontade de ter a pessoa amada ao seu lado para sempre. Amar é querer o próximo como seu companheiro de jornada para a toda a eternidade. FELIZ DIA DOS NAMORADOS A TODOS!!!














Pérolas do Galvão Bueno

sexta-feira, 11 de junho de 2010
Essa é velha, mas o narrador de futebol favorito da tv brasileira (hahaha) disse tanta besteira ao vivo que vamos recapitular por aqui (e aí com a copa vem mais!). Confira:

As 50 maiores pérolas de Galvão Bueno

FUTEBOL

1) Bem amigos da Rede Globo. Estamos aqui em BUENOS AIRES, no EQUADOR… (Onde ???)

2) O estádio tem esse nome (Zerão) porque fica situado bem no TRÓPICO DE CÂNCER, que divide o Hemisfério Sul do Hemisfério Norte. Onde será que foi o gol? Na parte sul ou na parte norte? (Sim, e a LINHA DO EQUADOR divide o Equador em leste e oeste)

3) Vai ser o primeiro torneio oficialmente oficializado pela FIFA. (Ah, bom. Então assim, sim)

4) O POTENCIAL ENERGÉTICO do Palestra Itália (Estadio do Palmeiras) esta reduzido a sua metade (Que será que ele quis dizer?)

5) Alô Maceió!!!… Ou qualquer outra cidade, tirando São Paulo. (Não precisa tentar ser simpático, narra o jogo e pronto)

6) Nessa tarde de Fla-Flu, Flamengo e Fluminense estarão entrando em campo daqui a pouco… (Ufa! E o cara da portaria ainda tentou me enganar, dizendo que esse Fla-Flu era entre Santos e Cruzeiro)

7) São as duas maiores torcidas do mundo (Flamengo e Corinthians). E digo mais, no Rio, poucos podem se orgulhar de ter uma torcida tão grande quando a do Flamengo (É…! Acho que a torcida da Matonense deve ser maior no Rio…)

8- Foi pro chão e caiu ! (não necessariamente nesta mesma ordem)

9) Ah! Eles estão grampeando a cabeça dele. Tomara que seja algum tipo de grampo cirúrgico… (Depende, se for o Valdir Papel, pode ser grampo normal mesmo)

10) O time catarinense tem que vencer, pra lutar pela sul-americana, ja que o jogo é la em FIGUEIRENSE (O time que ele se refere deve ser o Florianópolis)

11) É meu amigo, Brasil e Argentina é sempre Brasil e Argentina (Mentira! Semana passada eu vi um Brasil e Argentina contra o Japão)

12) Brasil tá meio mal no jogo, mas eles estão jogando pra fazer gol! (Ainda bem!)

13) Os Chineses agora estão todos torcendo contra o Brasil (Não acho. Só pq a seleção deles está jogando contra a nossa. Isso é preconceito)

14) Agora o Brasil tem que correr atrás do PREJUÍZO (No prejuízo já tá, tem que correr atrás do lucro)

15) Há 40 anos o Santos não faz gols no Corinthians em finais de Campeonatos Paulistas, jogando no Pacaembu, com o Corinthians saindo ganhando. (Se analisar direitinho, deve fazer 40 anos que essa combinação não acontece)

16) Se o Brasil acertar todos os ataques e ficar bem na defesa, ele ganha. (Por que ele não virou técnico ainda?)

17) Agora tem que colocar o coração na ponta da chuteira! (Se depois de um chute der um ataque cardíaco, eu não me responsabilizo)

18- Sinceramente, temo pelo final desse jogo (desce lá e rouba o apito do juiz)

19) O juiz vai dar 3 minutos mais de jogo, vamos aos 49… (Esse fugiu da escola)

20) Nós estamos muito preocupados, mas é preciso ficar bem claro para o espectador da Rede Globo que se a bola não entrar, não é gol. (Alguém não tava entendendo pq tava zero a zero?)

21) O jogo só acaba quando termina (…)

22) Depois da derrota, o pior resultado é o empate. (E depois do empate, o pior é a vitória, certo?)

23) Mas esses dois times são muito fortes. São Paulo e Tigres é um clássico. (É, eu lembro que na última vez que eles se enfrentaram… Ih! eles nunca se enfrentaram antes)

24) O gol saiu na hora certa! (Provavelmente foi durante o jogo. Imagina se saísse só depois do fim do jogo…)

25) O Dida gosta de pegar pênalti. (Gosta nada… Olha a cara dele, nem comemora…)

26) Não dá para fazer 2 gols ao mesmo tempo (Gênio)

27) O Santos perdeu DAQUI A POUCO na Arena da Baixada! (Vidente)

28- Adriano e Sorin vão na mesma bola! (Os outros 20 jogadores devem estar com uma bola cada um)

29) O Adriano tá com uma disposição, correndo o campo todo, parece um LEÃO ENJAULADO. (???)

30) Chutou com a perna que não era a dele. (Devolve agora…)

31) O juiz mora aqui do lado, no Uruguai. Se ele apitar mal, vai todo mundo ligar pra casa dele. (Isso, passa o número agora)

32) Quando eu falar Rodrigo, interpretem Roger (É código?)

33) Esse Gonzales tem idade pra ser pai do Robinho. Tá com 32 anos e o Robinho tem (a partir daqui ele começa a falar mais devagar, meio pensando na besteira que está dizendo) vinte e um…

34) É duro pro goleiro jogar com o campo molhado, porque a bola quando bate na água ganha velocidade! (Funciona bem assim mesmo. Eu tinha um primo na África que queria uma bola, aí eu fui na praia e chutei uma bola no mar. Não é que ela chegou pra ele lá em menos de 30 minutos !?! Sério, foi batendo na água e ganhando velocidade.)

35) O Brasil correu o risco de sofrer NOVAMENTE o segundo gol. (Aí não tem problema… o problema é se fosse o terceiro)

36) GOOOOOL! Éééééééé do SÃO CAETANOOOOOO! (Final da Copa do Brasil 2004, no Maracanã, primeiro gol do SANTO ANDRÉ sobre o Flamengo)

37) Olha lá o Péricles Chamusca orientando o time. (O Chamusca tava suspenso e era o auxiliar que estava no banco)

38- O juiz marca falta dentro da área… será que foi pênalti, Arnaldo?
(Não, foi tiro livre direto, sem barreira, daquela marquinha redonda, na grande área)

39) E André Heller Afasta o perigo (O nome do zagueiro do Flamengo é Fabiano Eller, e o André Heller joga Vôlei.)

40) - Graaande zagueiro esse Ayala!
- Ele só tem 1,77m, Galvão…

41) - Qual o STATUS do jogo, Falcão?
- É, Galvão, o Brasil precisa tomar muito cuidado porque o Peru tá crescendo e começando a entrar pelas costas da defesa.

VÔLEI

42) A Seleção de Cuba gosta de jogar na frente no placar (Por que será?)

43) E Gustavo sobe sozinho para o bloqueio individual! (Onde estavam os outros pra ajudá-lo no bloqueio individual?)

44) Uma bela paralela cruzada (O QUÊ???)

45) E os jogadores estão entrando em CAMPO. (Mostra o campo então, não a QUADRA)

FÓRMULA 1

46) Na Hungria, quando tem nuvem assim no **** é sinal que vai chover (Só lá?)

47) Luz vermelha, lá vem a verde! (Que verde? Na Fórmula 1, para largar, as luzes vermelhas se apagam, e eles partem!)

48- Rapaz, o Montoya passou a menos de 0,5 cm do carro do Shumacher… se é que existe menos de 0,5 cm. (Dêem uma régua para ele)

49) Amigo, aqui não está só chovendo, está caindo água! (UAU! Que coisa impressionante!)

A MELHOR

50) E depois do jogo, assistam a mais um capítulo inédito de “VALE A PENA VER DE NOVO”.

Pérolas do Yahoo Respostas

Quem é a atriz sasha grey? uma cantora?

Alguém conhece essa música?

Eu escrevi um pedacinho do refrão:

uiton de histórol for niiiiw,
anawisen diis geeeeeel,
anawisen dis geeel

não é assim que se escreve mas eu acho que é assim que se pronuncia em português.

Quando devo falar sobre sexo para o meu cachorro?

Onde eu baixo um processador dual core?

um migo meu me falo ki aumentava a velcidade do pc já procurei no baixaki mas nam tm nada!!! alguem pode me ajuda?

Vocês têm alguma mania estranha ou nojenta?
Eu gosto de retirar aquelas sujeirinhas que ficam entre as unhas e cheirar. Não fico mostrando a ninguém. Quando minha namorada soube, achou o cúmulo. Hoje ela acha engraçado.

Quando e onde aconteceu a Revolução Francesa?

Aonde baixo 512 ram de memória para meu computador?

Dá pra engravidar fazendo coxinha se a garota estiver usando calcinha de algodão?

E tem muito mais no site: www.perolasdoyahoorespostas.com.br